< VOLTAR

MOCAPOR NO FUTURO

MOCAPOR - COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE MÁRMORES, LDA.






FICHA DE PROJECTO PARA WEBSITE


Designação do Projecto: Mocapor no futuro - Uma SMART Factory 4.0
Código do Projecto: POCI-02-0853-FEDER-023212
Objectivo Principal: Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas
Região de Intervenção: Alcanede, Santarém
Entidade Beneficiária: Mocapor - Comércio e Indústria de Mármores, Lda.

Data de Aprovação: 26/07/2017
Data de Início: 28/06/2017
Data de Conclusão: 27/06/2019
Custo Total Elegível: 4.620.255,12€
Apoio Financeiro da União Europeia: 2.310.127,56€ - FEDER


Descrição do Projecto

A Mocapor dispõe actualmente das primeiras fases do processo de transformação - recepção e preparação do bloco e serragem das chapas -, subcontratando os serviços de acabamento e corte das peças às empresas melhor apetrechadas do país.

Com a actual capacidade e valências instaladas, e dependendo de terceiros para algumas fases do processo, não consegue factores de diferenciação relevantes se comparada com os melhores do seu sector, que partilham o mesmo tipo de posicionamento (produtos com elevados índices de transformação para targets e mercados mais exigentes), têm pedra de idêntica qualidade (calcários como moleanos e moca creme) e já internalizaram tecnologia muito automatizada nos diversos níveis de transformação.

A Mocapor apenas se distingue por possuir uma excelente carteira de clientes de mercados muito exigentes, mercados esses onde soube criar redes e parcerias fortes de distribuição e com quem estabeleceu relações de confiança e transparência ao longo de vários anos, assentes num rigoroso cumprimento de prazos e entrega de produto com transparência e qualidade nos exactos padrões contratualizados.

Mas os mercados estão cada vez mais competitivos e os clientes com níveis de exigência, qualidade e personalização cada vez maiores. Alguns grandes consumidores de pedra portuguesa (e.g. mercado oriental e países árabes) registaram alguma retracção da procura nos últimos anos e a competição por preço, mesmo nos posicionamentos mais altos, acaba por ser recorrente.

Neste contexto, a Mocapor encetou uma reflexão estratégica cuidada, que cruzou a análise interna com a avaliação contextual em diferentes dimensões: concorrência, tendências da procura, desafios e potencialidades das novas tecnologias (SWOT dinâmica).

Assim, identificou e definiu como principais orientações estratégicas para os próximos anos:
1. Apostar na criação de produtos ampliados ou alargados (inovação de marketing) - novos formatos estandardizados; virtualização dos produtos; produto e informação integrados;
2. Endogeneizar novas valências do processo de transformação e apostar na automação e robotização inteligente do processo, assente na filosofia LEAN e no conceito SMART Production (inovação de processo e inovação organizacional);
3. Alargar o posicionamento na cadeia de valor, apostando nas fases mais iniciais dos processos de construção (arquitectura, engenharia, decoração, entre outros) e encurtando os níveis de intermediação (para fornecer obra e produtos de maior valor acrescentado);
4. Posicionar a Mocapor nos segmentos mais altos e exigentes do mercado e reforçar a sua vocação internacional.

Com o plano de investimentos delineado, a Mocapor estará munida de todas as ferramentas necessárias para alcançar os objectivos que abaixo se apresentam.

Objectivos a 5 anos:
• Aumentar o Volume de Negócios;
• Manter uma intensidade de exportação elevada;
• Garantir que parte significativa do VN é proveniente de clientes finais (donos de obra ou seus fornecedores directos);
• Elevar o EBITDA.